Dom Enrique Angelelli: Profeta e Bispo dos Pobres

topic

ARGENTINA * 04/08/1976

Um autêntico pastor, segundo o Evangelho dos Pobres, em La Rioja Argentina, “Terra Adentro”. Solidário com seu povo, foi perseguido, intimado e viu martirizados seus colaboradores mais íntimos. Exemplo maior na tradição da teologia da libertação.

Enrique Angelelli era bispo da província de La Rioja, na Argentina, quando foi morto no dia 4 de agosto de 1976, pelo regime militar daquele país. Há dois anos, ao completar os 30 anos da morte do bispo, cuja vida e ação ficaram fortemente arraigadas na vida da igreja e da sociedade argentina, o governo de Néstor Kirchner reabriu o caso,  investigando se realmente foi simplesmente um acidente automobilístico que matou o bispo.

Sentiu a solidão episcopal. Mas continuou fiel. “É preciso seguir andando”, repetia. “Como um ouvido ao Evangelho e outro ao Povo”.“Não precisa ter medo de se meter no barro”.

Odiado pelos latifundiários e pela ditadura militar, caiu no meio do caminho, com os braços abertos em cruz, num acidente fingido. A opinião pública nacional e internacional e até a declaração de alguns carrascos desvendaram a verdade. Agora, se completando os trinta e oito anos de seu martírio, o testemunho deste bispo, profeta e amigo do povo, cresce como uma das mais autênticas glórias da Igreja Latino-americana. O papa Paulo VI tinha por ele particular estima e o apoiou nas horas difíceis.

Para saber mais: Angelelli, a voz do bispo mártir

11825756_1605557533050911_4034708960775079633_n

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s