Mensagem do Papa Francisco ao Cardeal Arns

Ao Nosso venerável Irmão, o Cardeal Paulo Evaristo Arns, OFM, Arcebispo emérito de São Paulo.

13516680_301707560163501_6180110928408809267_nNo Ano da Misericórdia, na festa do Apóstolo São Tomé, Venerável Irmão Nosso, que há 6 meses completaste com alegria o septuagésimo ano de sacerdócio e, no próximo dia 3 de julho, terás a felicidade de celebrar teu jubileu áureo episcopal, contigo exultará toda tua Província religiosa da Imaculada Conceição da Bem aventurada Virgem Maria e também a inteira Ordem dos Frades Menores, uma vez que por muitos anos desempenhaste vários encargos na Família Franciscana.

Continuar lendo

Camilo Torres: 50 anos

CAMILO
Camilo Torres,  padre, mártir das lutas de libertação do povo na Colombia. 50 anos.

Um ato de grande valor simbólico aconteceu em Cali no dia 07 de novembro passado por iniciativa de dom Darío de Jesús Monsalve Mejía, arcebispo dessa cidade, a terceira maior da Colômbia: a recordação de Camilo Torres Restrepo como cristão e como padre. Para preparar o evento, o arcebispo escreveu em um artigo em uma revista da Arquidiocese intitulado: Camilo, ontem e hoje, sinal de reconciliação (Cuadernos ciudadanos – Observatorio de realidades sociales, n. 5, novembro de 2015, p. 8): “O padre Camilo Torres Restrepo, submetido até em seus despojos mortais ao segredo de Estado, na influência de seu pensamento cristão, ao silêncio da Igreja e ao estigma guerrilheiro sobre seu nome, tem muito a dar e ensinar a uma Colômbia que se projeta para a reconciliação, a verdade, a justiça transicional e a paz”. Continuar lendo

Jesus: um Deus refugiado

por Osvaldo Meca*

Deus refugiado

Fala-se, em algumas tradições teológicas, que Jesus passou por um processo de dupla Kénosis (o ato de esvaziar-se de si): se esvazia de sua realidade divina para assumir uma condição humana (conforme o texto de Fl 2, 6 – 7, Jesus “tinha a condição divina, mas não se apegou a sua igualdade com Deus. Pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de servo e tornando-se semelhante aos homens.”); e dentro da condição humana, se encarna em um cenário de inúmeras privações (segundo o texto de 2Co 8, 9, Jesus “embora fosse rico, se tornou pobre por causa de vocês, para com a sua pobreza, enriquecer a vocês.”). Mas, Jesus, que já nasceu pobre, enfrenta o que eu chamo de uma terceira Kénosis: a necessidade de se refugiar. Continuar lendo

Igreja Povo de Deus em Movimento – 5 anos

A Igreja Povo de Deus em Movimento, completa em 2015, cinco anos de organização e de encontro de cristãos – leigos e leigas, religiosos e religiosas, padres e membros de outras confissões – que animados pelo Evangelho do Reino numa nova dinâmica e conteúdo, desejam animar e estimular seus participantes a atuar firme e corajosamente em 3 amplos campos da vida humana. – No campo de vida da pessoa promovendo sua dignidade em suas diversas situações. – No campo da comunidade quer combater todo tipo de ações que fragmentam a vida e suas relações internas, conduzindo-a, geralmente, a comunidades fechadas em si mesmas, desarticuladas e isoladas. Quer também promover o diálogo como ferramenta e meio essencial tanto no interior das comunidades e grupos assim como com as forças políticas e os diversos Movimentos sociais locais.

Veja o vídeo:

Cristo Rei

12239594_858725840909053_5749967401463267558_nEstamos na última semana do ano litúrgico encerrado domingo passado com a festa de Cristo, Rei do Universo. Ainda sob inspiração desse título dado ao Senhor Jesus, vale lembrar: Os cristãos católicos, ortodoxos e evangélicos têm Jesus como o centro de suas vidas e da História. Não significa que devam impor a todos os seres humanos sua crença. Antes, porém, pelo batismo, devem testemunhar o Evangelho do seu Senhor como serviço à humanidade. Agradecemos à providência divina ter-nos preparado um Papa, neste terceiro milênio, que encaminha a Igreja para o testemunho da “cultura do encontro” e para sua singular contribuição com os “processos históricos” de inclusão social e de “cuidado para com a Casa Comum”. Que os cristãos, sobretudo, católicos, assumam, com o Papa Francisco, a reforma da Igreja na humilde confissão de que “Jesus Cristo é o Senhor”. Lembrando sempre que o seu “reino não é daqui” (Jo 18 36)
AutorPadre Paulo Bezerra.
Igreja Povo de Deus em Movimento.

Católicos LGBT enviam mensagem ao sínodo da Família

Na Igreja que deve ser ponte e não torna-se barreira (papa Francisco), LGBT enviam mensagem ao Sínodo da Família:

12105688_10200972867999650_7274419955095805524_n“Prezadas Irmãs e Irmãos presentes ao Sínodo da Família,
Saudações da recém-nascida Rede Global de Católicos/as do Arco-Íris!

Somos um grupo de Católicos que são lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e, juntamente com nossas famílias e amigos, passamos os últimos dias não muito longe de Vossas Excelências, em Roma, consolidando dois anos de trabalho, o qual avançou em paralelo com os duplos preparativos do Sínodo. Continuar lendo