Mensagem do Papa Francisco ao Cardeal Arns

Ao Nosso venerável Irmão, o Cardeal Paulo Evaristo Arns, OFM, Arcebispo emérito de São Paulo.

13516680_301707560163501_6180110928408809267_nNo Ano da Misericórdia, na festa do Apóstolo São Tomé, Venerável Irmão Nosso, que há 6 meses completaste com alegria o septuagésimo ano de sacerdócio e, no próximo dia 3 de julho, terás a felicidade de celebrar teu jubileu áureo episcopal, contigo exultará toda tua Província religiosa da Imaculada Conceição da Bem aventurada Virgem Maria e também a inteira Ordem dos Frades Menores, uma vez que por muitos anos desempenhaste vários encargos na Família Franciscana.

Continuar lendo

IPDM 2016: Casa comum, nossa responsabilidade

A Igreja Povo de Deus em Movimento, coletivo de paróquias, pastorais e movimentos sociais ciente dos desafios sócio-históricos colocados em pauta neste ano na sociedade brasileira convoca todos/as os/as interessados/as para dois momentos especiais.

O primeiro será na Paróquia São Francisco de Assis, no Ermelino Matarazzo onde receberemos o teólogo Leonardo Boff para um debate sobre “Ecologia e meio ambiente: A ação da juventude e das organizações sociais para garantir cidadania à todas/os”.

O segundo será o tradicional ENCONTRÃO GERAL IPDM para discutir a Campanha da Fraternidade, contando com a presença das assessoras Moema Miranda e Raquel Rolnik, dando uma (outra) abordagem possível sobre “Casa comum, nossa responsabilidade”.

Evento: https://www.facebook.com/events/1669226993341905/

BOFF-MIRANDA - ROLNIK

Jesus: um Deus refugiado

por Osvaldo Meca*

Deus refugiado

Fala-se, em algumas tradições teológicas, que Jesus passou por um processo de dupla Kénosis (o ato de esvaziar-se de si): se esvazia de sua realidade divina para assumir uma condição humana (conforme o texto de Fl 2, 6 – 7, Jesus “tinha a condição divina, mas não se apegou a sua igualdade com Deus. Pelo contrário, esvaziou-se a si mesmo, assumindo a condição de servo e tornando-se semelhante aos homens.”); e dentro da condição humana, se encarna em um cenário de inúmeras privações (segundo o texto de 2Co 8, 9, Jesus “embora fosse rico, se tornou pobre por causa de vocês, para com a sua pobreza, enriquecer a vocês.”). Mas, Jesus, que já nasceu pobre, enfrenta o que eu chamo de uma terceira Kénosis: a necessidade de se refugiar. Continuar lendo

Igreja Povo de Deus em Movimento – 5 anos

A Igreja Povo de Deus em Movimento, completa em 2015, cinco anos de organização e de encontro de cristãos – leigos e leigas, religiosos e religiosas, padres e membros de outras confissões – que animados pelo Evangelho do Reino numa nova dinâmica e conteúdo, desejam animar e estimular seus participantes a atuar firme e corajosamente em 3 amplos campos da vida humana. – No campo de vida da pessoa promovendo sua dignidade em suas diversas situações. – No campo da comunidade quer combater todo tipo de ações que fragmentam a vida e suas relações internas, conduzindo-a, geralmente, a comunidades fechadas em si mesmas, desarticuladas e isoladas. Quer também promover o diálogo como ferramenta e meio essencial tanto no interior das comunidades e grupos assim como com as forças políticas e os diversos Movimentos sociais locais.

Veja o vídeo:

Cristo Rei

12239594_858725840909053_5749967401463267558_nEstamos na última semana do ano litúrgico encerrado domingo passado com a festa de Cristo, Rei do Universo. Ainda sob inspiração desse título dado ao Senhor Jesus, vale lembrar: Os cristãos católicos, ortodoxos e evangélicos têm Jesus como o centro de suas vidas e da História. Não significa que devam impor a todos os seres humanos sua crença. Antes, porém, pelo batismo, devem testemunhar o Evangelho do seu Senhor como serviço à humanidade. Agradecemos à providência divina ter-nos preparado um Papa, neste terceiro milênio, que encaminha a Igreja para o testemunho da “cultura do encontro” e para sua singular contribuição com os “processos históricos” de inclusão social e de “cuidado para com a Casa Comum”. Que os cristãos, sobretudo, católicos, assumam, com o Papa Francisco, a reforma da Igreja na humilde confissão de que “Jesus Cristo é o Senhor”. Lembrando sempre que o seu “reino não é daqui” (Jo 18 36)
AutorPadre Paulo Bezerra.
Igreja Povo de Deus em Movimento.

ENCONTRÃO IPDM – IGREJA E MOVIMENTOS SOCIAIS

ENCONTRÃO IPDM – IGREJA E MOVIMENTOS SOCIAIS, 28 DE NOVEMBRO.

AiPV-UTOwaiZRj8v-xh-OjjyzlXke4fkjxFlyrd_vrUyA Igreja nas décadas de 60 à 80 foi o ventre onde germinou o grito organizado do povo, os movimentos sociais históricos que fizeram uma agenda de lutas democráticas, por políticas públicas, anticapitalistas e anti-imperialistas que atravessaram o século. Continuar lendo